sábado, 16 de setembro de 2017




Pintura de mandalas com a Artista Visual Carla Schwab
Mandala, a arte milenar das figurações geométricas, coloridas e concêntricas, considerada a representação do ser humano e do universo, será apresentada na forma de pinturas policromáticas desde a sua origem, elaboração, harmonização de cores e ambientação.
Sobre o Curso:
Embasado em orientações de artes visuais, objetiva capacitar a criação de mandalas próprias dentro de uma harmonia e integração de cores a partir da linguagem plástica: ponto e linha, espaço e forma, desenho e pintura, e geometrização, desenvolvendo a percepção visual, concentração, sensibilidade para as cores e instigar o conhecimento de sua personalidade.
Sobre a artista:
Carla Schwab nasceu em Pelotas-RS e vive em Curitiba-PR. É Artista Visual graduada pela UFPel-RS e Professora de Artes em estudos de materiais e técnicas de pintura. Sua série “Rendados” é uma produção atemporal, premiada, com participações em edições da Casa Cor pelo Brasil, Carrousel Du Louvre em Paris, entre outras. Suas obras oferecem teor contemporâneo sustentável, onde a artista utiliza o pincel como se fosse uma agulha de crochê.
Módulo I
As quartas-feiras, dias 4, 11, 18 e 25 de Outubro da 9h às 12h
Local:
De Maryno Atelier
Rua Desembargador Hugo Simas, 1181-Bom Retiro
Telefone: 41 3018-6227
Informações de inscrição e valor, no local ou por telefone.

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

CARLA SCHWAB É DESTAQUE NO GUIDE INTERNACIONAL D’ART CONTEMPORAIN NO CARROUSEL DU LOUVRE




Carla Schwab, Artista Visual gaúcha de Pelotas-RS e Curitibana de coração é destaque no “Guide International D’Art Contemporain vol.II” quando de sua exposição no Carrousel Du Louvre em Paris.

 Com texto crítico do artista e curador Eloir Jr., as obras rendadas de Carla Schwab fazem partem do bilíngüe (francês/inglês) “Guide International D’Art Contemporain” catalogado internacionalmente, e é o resultado de sua exposição no conceituado e mais famoso Museu do mundo.   O Guia Contemporâneo é um projeto com execução de Heloiza de Aquino Azevedo, que há 08 anos reside na França e atua como Curadora, Comissária de Arte, Produtora Cultural e Biógrafa. O belo exemplar deste livro é direcionado especialmente para colecionadores, leiloeiros e galeristas de toda a Europa.

Em sua terceira exposição por terras francesas, Carla Schwab, retorna a Paris com sua 2ª participação no Carrousel Du Louvre através de seu mundo rendado. As obras escolhidas pela curadora Heloiza, fazem parte da série de Aquarelas rendadas sustentáveis da Artista, onde esta procura a leveza e a sutileza das cores através de suas tramas em crochê sobre papel.

A Artista é graduada em Artes Visuais pela UFPel-RS, Universidade Federal de Pelotas-Rio Grande do Sul, é Professora de Artes em estudos de materiais e técnicas de pintura da Associação Cultural Solar do Rosário e pintura no Ateliê Kézia Talisin.


SOBRE A PRODUÇÃO DE CARLA SCHWAB:
De teor contemporâneo-sustentáveis da Série Rendados, pode-se observar características notórias de um universo vintage feminino. A construção de um último plano expressa arabescos, aguadas de cores, superfícies planas de luz ou simplesmente um “patch work” bidimensional que se unem em recortes vazados e colados com tramas pictóricas circulares policromáticas, onde a artista utiliza o pincel como se fosse uma agulha de crochê.

Aquarela Rendada II

 “Eu me inspiro nas lembranças e vivências, nas rendas executadas por minha mãe e avó”, relata Carla Schwab.

Aquarela Rendada I

 Filtros de café usados, recortes de listas telefônicas, revistas usadas, tecidos, cola, verniz e tintas acrílicas, dão origem a sua criação sobre telas da reciclagem de garrafas PET, sendo estes seus principais materiais, que interagem sobrepostos e harmoniosamente com o fundo, ora em primeiro plano, ora em meros vestígios visuais de suas rendas. Esta gama matérica reciclada e utilizada em suas obras exteriorizam sua preocupação com o bem estar do meio ambiente e conscientiza à ação social de cidadania.

Em sua atual produção está a criação digitalizada e impressa sobre painéis de vidro, onde a sílica funciona como matéria prima bidimensional para a impressão de seus trabalhos, tornando-os também em uma arte objeto, nos oferecendo uma enorme riqueza visual policromática e matérica e aquarelas sustentáveis. 

Suas obras participam das edições da Casa Cor Paraná, sendo premiada como melhor trabalho relacionado com a sustentabilidade, Casa Cor de outros Estados brasileiros, salões de arte com premiações, exposições coletivas e individuais.